Glândulas de Fordyce

 

São lesões genitais caracterizadas pela dilatação os vasos sanguíneos dérmicos superficiais e pela hiperceratose da epiderme suprajacente.

A denominação de glândula é errônea, pois não são glândulas. São comumente encontradas no escroto com início entre os 20 e 50 anos. A pressão venosa aumentada pode estar implicada na sua aparição. Se desejado sua remoção é realizada por excisão simples ou eletrocauterização. Porém o custo benefício deverá ser entendido pois o paciente ganhará uma cicatriz no lugar das glândulas.